Gestão de Restaurantes – 8 erros de gestão que levam um negócio à ruína

Gestão de Restaurantes
Gestão de Restaurantes – saiba se seu negócio paga impostos demais
5 de julho de 2018
Gestão de Restaurantes
Gestão de Restaurantes – Como contratar os melhores funcionários
19 de julho de 2018

Gestão de Restaurantes – 8 erros de gestão que levam um negócio à ruína

Gestão de Restaurantes

Segundo pesquisas do Sebrae, pelo menos 3 em cada 10 pequenas empresas encerram suas atividades nos dois primeiros anos. Os empresários apresentam uma série de desculpas, como a falta de clientes, os altos impostos que são obrigados a pagar, falta de capital de giro, desacertos entre sócios e muitas outras. Na gestão de restaurantes, a estimativa também é válida e, por isso, é necessário conhecer os principais erros que podem levar a empresa à falência.

Para quem está no ramo de alimentação, é fácil entender que não existe uma fórmula mágica para que o empreendimento tenha sucesso. Embora não seja possível eliminar todas as falhas que possam levar a empresa à ruína, existe a possibilidade de corrigir todos os erros e superar os primeiros anos de atividade, levando o restaurante a obter bons lucros e se manter de pé.

Na gestão de restaurante é necessário aplicar o tripé do sucesso, tendo as bases para conduzir o negócio: capacidade empreendedora, logística operacional e habilidades gerenciais.

Havendo qualquer tipo de falha em uma dessas bases, certamente o empreendimento não irá superar os primeiros anos. Assim, por exemplo, o empresário deve cuidar das finanças da empresa como um dos itens mais importantes para o seu empreendimento. Além disso, é necessário conhecer a fundo o mercado para conseguir bom desempenho.

O empreendedor, nesses tempos de concorrência mais acirrada, deve estar preparado para criar um diferencial para o seu restaurante, apresentar uma proposta de valor que vá ao encontro dos clientes.

Na gestão de restaurantes, é necessário evitar os seguintes erros, se o empresário pretende dar continuidade às suas atividades operacionais:

  • Analisar o empreendimento em longo prazo, mas esquecer do agora

Muitos empresários não elaboram um planejamento para seu negócio. Esse é um grande erro, já que se trata de administrar a movimentação do empreendimento para manter uma operação lucrativa.

Geralmente os empreendedores não conseguem trabalhar com planejamento de curto e longo prazo, não sabendo conciliar a visão de longo prazo com as metas de curto prazo. Ao mesmo tempo em que é necessário, na gestão de restaurantes, estabelecer metas de longo prazo, também é preciso pensar na próxima semana.

  • Não manter controle sobre as finanças

Na gestão de restaurantes é essencial manter controle sobre as finanças. De uma forma geral, os empresários trabalham com controles básicos, como contas a pagar e contas a receber, além do fluxo de caixa. Esse tipo de controle, embora seja ligado às finanças, é somente um conjunto de controles de tesouraria.

Olha que bacana este post que fizemos para você: Gestão para restaurantes – como otimizar processos e maximizar lucros?

O controle sobre as finanças vai mais além, incluindo a análise do desempenho da empresa nos períodos anteriores, com o planejamento para o futuro, através da elaboração de orçamentos e de previsão de investimentos.

  • Não manter o senso de realidade

Ao mesmo tempo em que o empresário deve ser otimista na gestão de restaurantes, deve manter os pés no chão, ou seja, manter o senso de realidade. No empreendedorismo, não adianta apenas imaginar que tudo vai dar certo e se arriscar.

Todas as iniciativas devem ser analisadas e pesquisadas com cuidado para que um investimento não traga prejuízo.

  • Misturar coisas pessoais com profissionais

Um dos fatos que mais acontecem na gestão de restaurantes é o empresário misturar as contas pessoais com as contas da empresa. Principalmente quando se trata de pequenas empresas, o costume é pagar as contas pessoais com os valores obtidos no faturamento.

Olha este post que bacana para alavancar seu restaurante: Marketing para Restaurantes – 7 estratégias infalíveis para conquistar mais clientes

O empresário deve estabelecer um valor de pró-labore condizente com o lucro da empresa, mantendo seu padrão de vida de acordo com esses resultados, limitando-se ao valor estabelecido para suas despesas pessoais, sem utilizar dinheiro da empresa para suprir suas necessidades.

  • Não montar uma equipe capacitada

O principal ativo de qualquer empresa é o capital humano. É através de colaboradores capacitados que se torna possível manter um bom atendimento e fazer com que o restaurante tenha bons resultados.

Principalmente quando se trata de atendimento ao cliente, é essencial que os profissionais, desde o garçom ao pessoal da cozinha, estejam devidamente treinados para oferecer um cardápio de qualidade, com excelente atendimento.

  • Nem sempre ou nunca ouvir o cliente

Na gestão de restaurantes, ouvir o cliente e saber exatamente o que ele quer é uma receita de sucesso. Os clientes são o principal objetivo da empresa e são peças fundamentais para que a esta tenha sucesso.

É necessário, portanto, sempre estar atento e ouvir a opinião dos clientes sobre o que está sendo servido, sobre sugestões para novos pratos e atender essas expectativas. Ouvir o cliente vai fazer com que ele se torne fidelizado, sabendo que irá perceber melhorias quando retornar ao estabelecimento.

  • Não investir constantemente em marketing

O investimento em marketing deve ser aplicado constantemente na gestão de restaurantes. A divulgação sempre foi e sempre será essencial para que qualquer empresa consiga garantir lucratividade.

Olha que dica bacana para aplicar com seus clientes:  Como fidelizar clientes em um restaurante?

Com uma concorrência cada vez mais acirrada, o empresário deve estar sempre presente na mídia, principalmente através da internet que, hoje, é um dos principais meios de divulgação de produtos e serviços.

Utilizar as redes sociais é uma das melhores formas de garantir o lugar do estabelecimento na memória do público, interagindo com os seguidores e criando promoções que possam atrair novos clientes.

  • Não manter a resiliência

A resiliência é nossa capacidade de superar as falhas e procurar acertar o que houve de errado. Para a gestão de restaurantes, o empresário, além de conhecimento do mercado e dos cuidados necessários para garantir a lucratividade, precisa também ter jogo de cintura, mantendo-se sempre competitivo na área em que está atuando.

É necessário também entender que falhas podem ocorrer e que devem ser utilizadas para que os erros não aconteçam novamente, usando-as para aprimorar o atendimento e melhorar as condições do estabelecimento, sem se limitar a fazer críticas a quem tenha cometido qualquer erro.

Para garantir que a gestão de restaurantes esteja sendo aplicada da forma correta, portanto, é necessário analisar como está a situação da empresa atualmente e buscar os meios para melhorar os índices, manter a qualidade no cardápio e oferecer o melhor atendimento para os clientes.

E não esqueça de manter a Contabilidade em dia! Com o auxílio de serviços contábeis, você pode ter o seu controle de estoque e o seu fluxo de caixa sempre em ordem, além de permitir um maior controle sobre a sua gestão.

Seja diferente, inove, evolua, inscreva-se em nossa newsletter !

Nós, da Prèzzo, estamos prontos para atendê-lo! Fale conosco.

Sucesso e até mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1