Saiba como melhorar o fluxo de caixa de um restaurante.

controle financeiro de um restaurante
5 dicas para fazer o controle financeiro de um restaurante
24 de agosto de 2017
marketing para o seu restaurante
Dicas de marketing para aplicar em seu restaurante
7 de setembro de 2017

Saiba como melhorar o fluxo de caixa de um restaurante.

fluxo de caixa de um restaurante

fluxo de caixa de um restaurante

As operações feitas no fluxo de caixa são bastante simples: basta lançar todos os valores que entram e que saem do caixa e lançar os pagamentos e recebimentos futuros.

Você pode melhorar o fluxo de caixa de um restaurante fazendo sua análise constante, verificando a situação futura e fazendo sua parte para que ele se mantenha sempre positivo, guardando uma reserva para a empresa e evitando quaisquer surpresas causadas por imprevistos.

O fluxo de caixa de um restaurante, naturalmente, deve sempre apresentar saldo positivo, embora esse valor não necessariamente mostre a lucratividade. O lucro, que é apurado mensalmente, deve levar em conta outros fatores, como contas a pagar e contas a receber, valores que, quando considerados nas datas futuras, mostram como o caixa irá se comportar.

A partir dessas informações é possível saber como está a situação financeira do restaurante, possibilitando a tomada de medidas necessárias para garantir o cumprimento de todos os compromissos.

Com o fluxo de caixa do restaurante, também é possível planejar novos investimentos, criar uma promoção, analisar os preços cobrados nas refeições e, inclusive, a necessidade de contratação de novos funcionários, além de manter o controle dos custos.

Melhorar o fluxo de caixa do restaurante, portanto, exige que o gestor esteja atento à sua flutuação diariamente, fazendo todos os lançamentos não apenas do movimento de cada dia, mas também dos lançamentos futuros. Assim, quando recebe uma mercadoria comprada a prazo, o valor deve ser lançado na data de vencimento, permitindo saber se, através da projeção, o caixa terá fundo suficiente para seu pagamento.

Fluxo de caixa do restaurante: para prevenir imprevistos

Com a manutenção dos valores no fluxo de caixa é possível monitorar todos os custos do restaurante, mantendo as contas em ordem e prevenindo qualquer tipo de imprevisto.

A organização do restaurante pode ser feita através do controle do caixa, permitindo gerenciar folha de pagamento, negociar com os fornecedores, manter o controle de estoque e monitorar toda as despesas necessárias para o funcionamento da empresa, sempre lembrando que qualquer detalhe pode impactar na lucratividade da empresa.

Para melhorar o fluxo de caixa do restaurante uma das recomendações é padronizar os processos internos, criando procedimentos que devem ser seguidos por todos os colaboradores, minimizando o trabalho de controle e garantindo que a equipe esteja sincronizada em suas atividades.

A padronização das tarefas possibilita melhor gerenciamento do fluxo de caixa e reduz a carga horária necessária para os cuidados com a administração, consequentemente trazendo melhores resultados no atendimento e na qualidade dos produtos oferecidos aos clientes.

Padronizando o fluxo de caixa

Além da padronização dos procedimentos administrativos, o gestor deve também padronizar os lançamentos do fluxo de caixa do restaurante, separando valores por categorias, ou contas contábeis.

Essa separação irá permitir ao empresário conhecer todos os custos, controlando os fixos e os variáveis, entendendo melhor a dinâmica da movimentação financeira.

Desta forma, por exemplo, ao separar os custos entre fixos e variáveis, é possível saber, através dos custos fixos, quando o restaurante precisa gastar mensalmente para funcionar com a mesma qualidade de atendimento. Esses custos fixos são representados pela folha de pagamento, despesas de aluguel, energia e água, entre outros.

Os custos variáveis são aqueles formados pela compra de matéria-prima para os alimentos, materiais de limpeza e outros, que variam conforme sua necessidade e conforme o movimento do restaurante.

O gestor deve dar atenção especial ao controle de estoque, principalmente em razão do estoque representar um valor investido e que, enquanto não for transformado em refeições para gerar receita, é um dinheiro parado.

Num restaurante, o cuidado deve ser ainda maior do que em qualquer outra empresa, uma vez que os alimentos são produtos perecíveis, com prazo de validade.  Portanto, a gestão correta do estoque deve prever as quantidades necessárias a serem compradas dentro de um determinado período para evitar perdas de alimentos e prejuízo no faturamento.

Todos os pequenos detalhes de administração irão permitir melhorar o fluxo de caixa do restaurante e garantir ao administrador que sua empresa pode se desenvolver com tranquilidade, sem grandes impactos nas contas e mantendo sempre a reserva necessária para a continuidade dos negócios.

Se você, como empresário de restaurante, não tem conhecimento mais aprofundado do fluxo de caixa, converse com seu contador. Ele poderá lhe dar as informações necessárias para que você possa manter o controle e a melhoria constante do fluxo de caixa e das contas contábeis para oferecer mais segurança na condução do seu negócio.

Se ainda tiver dúvidas, não deixe de entrar em contato com a Prèzzo. Podemos ajudá-lo!

Seja diferente, inove, evolua, inscreva-se em nossa newsletter !

Confira algumas dicas para fazer o controle financeiro do restaurante.

Sucesso e até breve.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1