Descubra as vantagens de ter um Restaurante Colaborativo

abrir um restaurante
COMO ABRIR UM RESTAURANTE?
27 de abril de 2017
ambiente do restaurante mais acolhedor
Torne o ambiente do restaurante mais acolhedor
11 de maio de 2017

Descubra as vantagens de ter um Restaurante Colaborativo

restaurante colaborativo

restaurante colaborativo

Começar um novo negócio, mesmo no ramo de alimentos, não é tão simples nem tão fácil. O investimento é alto, exigindo gastos com utensílios, com equipamentos e, principalmente, com a cozinha, fazendo com que o retorno sobre o investimento, muitas vezes, demore mais que o planejado. Uma solução prática, que vem conseguindo grande sucesso fora do Brasil, é o restaurante colaborativo.

Se você está pensando em montar um empreendimento do ramo de alimentos, vale a pena conhecer o conceito de restaurante colaborativo e o que é possível ganhar com esse novo conceito de empreendimento coletivo.

O que é o restaurante colaborativo?

Os empreendimentos coletivos ou, como são conhecimentos no Brasil, empreendimentos colaborativos, existem há um bom tempo em países europeus e, como toda boa ideia, acabou se espalhando e chegando ao Brasil. Dentro de uma proposta de empreendimentos coletivos, o restaurante colaborativo adaptou-se aos princípios de coletividade, trazendo bons resultados para os empreendedores.

Nesse tipo de empreendimento, um profissional que pretende abrir um restaurante, pode alugar o espaço pelo tempo necessário, seja um dia ou uma semana, ou mesmo para um evento. No tempo definido, a estrutura fica à disposição do locador, que pode trabalhar servindo um jantar para convidados ou realizar um evento aberto ou fechado.

Existem chefs de cozinha que alugam o espaço simplesmente para divulgar sua própria culinária, convidando pessoas influentes que possam servir como meio para alcançar sucesso com suas receitas.

O restaurante colaborativo funciona como um local onde as pessoas que gostam de boa cozinha possam encontrar inovação e novidades no mundo da culinária, já que é um espaço onde não existe um cardápio definido, tornando cada dia uma surpresa para o paladar.

No modelo de negócio de restaurante colaborativo, quem fixa as regras é o empreendedor, ou seja, o proprietário do restaurante e da cozinha. Em alguns espaços, a cobrança é feita através de uma diária, em outros pode haver a cobrança da diária e do faturamento e, ainda em outros, a cobrança é apenas através de um percentual sobre o faturamento.

Um restaurante colaborativo pode, inclusive trabalhar com novos meios para a divulgação, podendo haver a participação do locatário do dia, para divulgar os eventos, uma vez que tanto o empresário proprietário quanto o chef têm interesse no resultado do evento.

O restaurante coletivo para pequenos empreendedores

A montagem de um restaurante exige uma infraestrutura bastante complexa, com um investimento que não é menor de 100 mil reais, sem levar em conta a edificação, que pode ser própria ou alugada. Para sua administração e funcionamento, o empreendedor precisa do apoio de uma assessoria contábil especializada em contabilidade para restaurantes, de uma equipe competente e de um rígido controle.

Para um empreendedor que está começando, o volume de investimentos pode ser muito alto, além do que é preciso contar que muitos empreendedores não possuem o conhecimento do universo dos restaurantes, tendo apenas habilidades culinárias. E é exatamente essa a condição que torna interessante o restaurante colaborativo.

O conceito de restaurante colaborativo torna mais fácil para um novo empreendedor começar seu próprio negócio, principalmente diante de uma recessão econômica, que não permite acesso tão fácil a financiamento e não há a certeza de sucesso no empreendimento.

Espaços compartilhados já fazem sucesso com escritórios cowork, com profissionais liberais compartilhando escritórios e mantendo estreito contato com outros do mesmo setor ou de setores de apoio.

O restaurante colaborativo na prática

O restaurante colaborativo, nessa tendência de espaço compartilhado, se torna extremamente vantajoso, sendo ideal para quem está começando no segmento e não possui o capital suficiente para investir.

Além disso, se um empresário tem capital suficiente para montar um restaurante colaborativo, terá no seu empreendimento uma fonte de renda constante, já que existem muitos pequenos empreendedores interessados em testar sua própria capacidade de investir no seu negócio.

O espaço do restaurante colaborativo pode ser usado por muitos chefs em início de carreira, servindo para eventos e para convidados especiais, tornando-se um ambiente versátil e atendendo diversas tendências da gastronomia.

Restaurante colaborativo: uma tendência que veio para ficar

Ao que tudo indica, o restaurante colaborativo é uma tendência que veio para ficar, trazendo, além das vantagens financeiras para um empreendedor de visão, uma nova forma de criar experiências gastronômicas tanto para o empresário quanto para o chef.

Se você, como empresário, tem interesse em montar um empreendimento no ramo de alimentos, esta é uma oportunidade para investir sem grandes riscos, promovendo um espaço útil para outros empreendedores que não possuam o capital suficiente.

O restaurante colaborativo é uma forma de reduzir custos com pessoal, custos com divulgação e, ainda por cima, uma forma de ajudar novos empreendedores do segmento de alimentação.

Seja diferente, inove, evolua, inscreva-se em nossa newsletter !

Caso você tenha planos com relação a um restaurante colaborativo, entre em contato com a nossa equipe de profissionais especializados em gestão e em contabilidade para restaurantes. Nós temos a solução e os melhores meios para tornar sua ideia uma realidade.

Até breve!

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1