Marketing Jurídico – como divulgar seus serviços sem ferir as normas da OAB?

Gestão de Escritórios de Advocacia
Gestão de Escritórios de Advocacia – os 3 passos que você precisa respeitar!
2 de abril de 2018
Descubra como reduzir os custos fixos de um escritório de advocacia
6 de abril de 2018

Marketing Jurídico – como divulgar seus serviços sem ferir as normas da OAB?

O Marketing Jurídico é uma ferramenta essencial para divulgar os serviços do advogado, que precisa conquistar mais clientes sem depender de indicações, podendo ampliar a imagem e o nome do seu escritório de advocacia para além das fronteiras de onde o Doutor ou a Doutora atua.

Mas, devo perguntar: você conhece o Marketing Jurídico? Sabia que ele é permitido pela OAB?

Se a resposta for não, chegou a hora de conhecer essa ferramenta indispensável e entender como praticá-lo sem ferir as normas da Ordem dos Advogados do Brasil.

Vamos lá?

O que é Marketing Jurídico?

Se você associa esse termo à publicidade ou propaganda, está, de certa forma, correto. Mas, é importante esclarecer que o Marketing não se resume apenas a isso, e também engloba aspectos administrativos, colaborando com a gestão e orientando o empresário de Direito a alcançar seu público-alvo da forma mais assertiva possível, sem precisar “bater em ponta de faca” até encontrar o direcionamento certo para seus serviços.

O Marketing, a princípio, é um elemento que precisa ser inserido dentro do planejamento do negócio no início. Isso porque é fundamental saber direcionar os serviços que você presta para as pessoas certas, entender se existe demanda na região em que pretende se instalar, além de outros aspectos importantes, que interferem na determinação dos preços que serão cobrados, por exemplo.

Esse mesmo direcionamento é, sem dúvida alguma, utilizado posteriormente para as campanhas de divulgação, é claro. E, por mais que exista uma crença de que a OAB não permite a realização do Marketing dentro da área do Direito, a verdade é que o Marketing Jurídico não somente deve fazer parte da rotina dos advogados modernos, mas também precisa seguir uma série de exigências para ser efetivo e não causar problemas para os profissionais de Direito.

Como o Marketing Jurídico precisa ser aplicado?

As regras por trás da aplicação do Marketing Jurídico permite que o Advogado empreendedor possua um site para falar sobre os seus serviços e gerar identificação. Entretanto, não é permitido possuir um layout todo colorido, cheio de letras gigantes e anúncios. O Marketing para Advogados precisa apostar na sobriedade, em textos que não sejam de caráter apelativo e em acessibilidade. Lembre-se: seu website será como um cartão de visitas virtual, por onde seu público te encontrará e procurará saber mais sobre seus serviços.

É claro que isso não significa que você não possa criar conteúdo original para um blog dentro do seu site, por exemplo. Uma ótima forma de atrair tráfego para seu website é criar conteúdos únicos e atraentes para os visitantes, com dicas e orientação para problemas jurídicos.

Você também poderá colaborar com fóruns e portais de cunho jurídico, desde que isso não comprometa a integridade do Direito ou da Ordem dos Advogados de qualquer forma.

E anúncios? É permitido?

Sim, desde que estes estejam inseridos em revistas e jornais especializados. Nesses anúncios será necessário inserir os nomes registrados dos profissionais na OAB, além do número de registro da sociedade de advogados, horário para atendimento e informações de contato.

Seja diferente, inove, evolua,inscreva-se em nossa newsletter !

Para que você possa planejar sua estratégia de marketing jurídico de forma efetiva, entre em contato com a Prèzzo. Nós podemos te orientar a planejar seu investimento da forma mais assertiva e com menos riscos.

Sucesso e até breve.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1