Como abrir uma empresa no Rio de Janeiro

Consultoria Financeira e Contabilidade para Advogados no Rio de Janeiro
14 de janeiro de 2020
Contabilidade e Consultoria Financeira Rio de Janeiro: na Barra da Tijuca e Recreio dos Bandeirantes
14 de fevereiro de 2020

Como abrir uma empresa no Rio de Janeiro

Oi, tudo bem? Aqui quem fala é o Paulo da Prezzo Contabilidade e quero te contar uma história interessante que muitas vezes coincide com a maior parte dos brasileiros.

Certo dia um cliente chegou aqui na empresa e me disse assim: “Paulo, vim por indicação de um amigo meu pelos seus serviços e estou com alguns problemas na minha empresa”!

Ao sentar com ele e analisar todos os documentos da abertura de empresa no Rio de Janeiro, pude constatar vários erros na hora do registro, o que resultou em alguns problemas,

Por conta disso, ele que tinha ganho uma licitação, agora tinha de correr para corrigir os erros e prejuízos advindos da atuação errada de outra contabilidade que por descuido ou descaso, não operou corretamente como deveria na empresa desse cliente.

Ser empreendedor é de fato, um grande privilégio. Mas não basta apenas querer abrir empresa, você tem que saber como abrir empresa no Rio de Janeiro e é simples de entender o real motivo.

Veja bem, cada Estado e Município tem por via de regra, suas próprias exigências. Assim, seguindo os critérios da Lei de cada região, é preciso cumprir com os ditames de cada localidade, para não haver problemas.

Portanto, qualquer tipo de erro, não somente pode gerar prejuízos financeiros, mas também penalidades perante o Governo e o Fisco. Por este motivo é preciso estar muito bem amparado para poder evitar todas essas dores de cabeça, nesse caso, a assessoria empresarial financeira e contábil é de vital importância para regularizar suas contas, tributos e desenvolvimento comercial, de forma a te trazer maior lucro, benefícios fiscais e atuação crescente em todos os sentidos.

O maior pecado dos empreendedores iniciantes

É comum que diversos empreendedores comecem uma empresa do jeito errado, mesmo quando vivemos uma época de puro esclarecimento e disseminação de informações constantes.

Por isso, cito aqui, como o maior pecado dos empreendedores, é não ter uma contabilidade e assessoria financeira no Rio de Janeiro que realmente conheça e ajude a empresa com suas diversas demandas.

Infelizmente ainda hoje é comum que empresários pequem nesse sentido. Ou seja, acabam sendo lesados ou passando por verdadeiros apuros financeiros e contábeis, porque não possuem uma contabilidade experiente e idônea.

Aqui nesse vídeo abaixo você vê um conteúdo espetacular sobre como abrir uma empresa no Rio de Janeiro, ou como abrir empresa na Barra da Tijuca ou como abrir empresa no Recreio – RJ e nas demais regiões do Rio.

Nós atuamos com uma contabilidade muito direcionada, por isso, ao pesquisar e desejar ser atendido por uma contabilidade na Barra da Tijuca, ou com uma contabilidade no Recreio, você poderá ser muito bem atendido e assessorado por nossa empresa, que tanto é especializada em novas aberturas de negócios, como na expansão, mudança ou desenvolvimento e fortalecimento do mesmo.

E a pergunta que não quer calar: Como abrir empresa no Rio?

Você já deve ter ouvido várias vezes sobre a importância do planejamento na hora de começar um negócio, certo?

Bom, essa é a mais pura verdade, já que esse é um dos primeiros passos mais importantes!

O bom planejamento é quem determina o sucesso de um negócio/ empreendimento, por isso, todos os cuidados são sempre válidos e importantes.

E quando a Prezzo Contabilidade – empresa de contabilidade no Rio de Janeiro menciona o planejamento, estamos a falar não somente sobre a atenção de emitir um CNPJ compatível com o tipo de empresa e porte da mesma, mas também nos referimos a:

  • Determinação do público-alvo.
  • Estudo da concorrência.
  • Estudo mercadológico.
  • Estudo da estrutura física e/ou digital de sua empresa.
  • Tipo de atividade…
  • Estudo de fornecedores e etc.

Tudo isso são fatores de grande importância, pois determinam a estrutura geral da empresa.

Portanto, na hora de abrir uma empresa no RJ, é preciso se atentar e selecionar adequadamente, com a ajuda de um bom contador, os tipos de atividades, tipo de natureza jurídica, documentos necessários, viabilidade do negócio, dentre outros.

Vamos entender melhor sobre esses pontos? Lá abaixo falamos mais detalhadamente sobre o plano de negócios que você precisa ter e como ele deve ser!

Tipos de atividade para abrir empresa no Rio de Janeiro

Nesse passo, é preciso definir o segmento da atividade que se intenta atuar.

Há 3 tipos, vejamos melhor…

  1. Prestação de serviços – se trata do trabalho realizado por mão de obra intelectual ou física.
  2. Comércio – se trata da abertura de lojas com objetivo de venda de produtos para o consumidor final.
  3. Indústria – envolve uma atividade econômica que tem a missão de transformar uma matéria-prima em produto para comércio. Exemplos: indústria de papel, plástico; etc.

Tipos de natureza jurídica para empresas no Rio de Janeiro

É extremamente necessário antes de começar a vender ou atuar no mercado, verificar qual é o tipo de natureza jurídica da empresa que se deseja.

Essa definição tem sua importância e valor dado a aplicação de diversas normas, que vem a variar de acordo com cada tipo jurídico, que precisa ser validado e autorizado pela administração pública do estado.

Portanto, é possível optar pelos seguintes tipos:

  • Empresário Individual – onde apenas uma pessoa pode compor o nome e a atuação da empresa. Não podendo haver sócios.
  • Sociedade limitada – reúne dois ou mais sócios explorando atividades de circulação de bens e serviços ou de produção.
  • Empresa SS: Simples – envolve atividades de prestação de serviços que envolve atividades cooperativas ou de natureza intelectual, exemplos: advogados, representantes, entre outros.
  • EIRELI: Empresa individual de responsabilidade limitada – Nesse caso, somente uma pessoa pode constituir a empresa, onde o capital pertencerá a esta, não podendo ser inferior a 100 vezes o salário mínimo vigente.
  • Sociedade Unipessoal Ltda – Condição semelhante da EIRELI, porém sem mínimo necessário para constituição.
  • Sociedade anônima – este tipo de empresa divide ações, que podem muito bem ser transacionadas de forma livre. Nesse caso, o capital social não é atribuído a um nome em específico. Não sendo necessário realizar contrato social ou ato de ofício.

E quais são os documentos necessários para se abrir uma empresa no Rio de Janeiro?

  • 1 cópia do comprovante de residência de cada sócio.
  • 1 cópias autenticadas do CPF e do RG de cada sócio.
  • Cópia do espelho do IRPF, com comprovação do ano vigente.
  • 1 cópia do IPTU do imóvel.
  • 1 cópia do contrato de locação ou da compra do imóvel em alguns casos.

Assim, ao entregar todas essas documentações a empresa contábil, ela ficará responsável pela entrada destas para emissão dos alvarás necessários e dos demais documentos de importância para seu devido funcionamento. Em torno de 3 a 5 dias úteis, a empresa pode ser aprovada para funcionamento.

Cuidados ao abrir uma empresa no Rio de Janeiro

Fato é que ser dono do próprio negócio possui suas exigências – e não são poucas, já que vai desde as estratégias para potencializar o negócio, até no contexto da administração e gestão contábil e financeira, pois sem isso, falhar e perder dinheiro será muito fácil!

Portanto, com nossa ajuda, veja o que você deve estar bem atento!

Perfil empreendedor condizente com o ramo da empresa

Você por acaso já avaliou as características do seu perfil empreendedor?

Sabe suas forças e pontos a melhorar? Sabe como seus concorrentes têm atuado e conhece também as forças e fraquezas deles?

Como dono de uma empresa, você não pode simplesmente carregá-la sozinho nas costas. “Mas como assim” – você pode estar se perguntando…

O que estamos a dizer é que mesmo sendo sua empresa, é preciso a definição do seu papel de gerenciamento, de modo a não o sobrecarregar ao ponto de deixar a empresa sem outros apoios importantes para seu próprio desenvolvimento.

Ou seja, quais as áreas em que você é especialista e pode atuar? Com quem pode dividir essas tarefas e a quem pode delegar as demais questões do negócio?

Nesse momento, a hora é de verificar quais são suas habilidades, dons e talentos para que assim seu negócio seja bem estruturado da forma que realmente precisa e deve ser.

Escolha dos sócios

Você pode desejar fazer sociedade com outro empreendedor, na visão de adquirir maior poder de investimento e como uma forma de ampliar as forças do empreendimento e não há nenhum problema quanto a isso. Desde que você tenha bom relacionamento e confiança com esse sócio.

A relação entre os sócios é considerada como um casamento, isso porque muitos propósitos e decisões são selecionadas para crescimento da empresa, por isso, mesmo apesar da grande afinidade que se possua com o possível sócio, é preciso validar alguns pontos, como:

  • Quais são as competências do sócio?
  • Ele se trata de um parente, amigo?
  • Qual a visão de empreendimento dele?
  • Entre outros.

Análise de mercado

Ao se desejar abrir empresa, é preciso fazer uma análise mais minuciosa sobre o público em potencial e sobre o que ele espera do seu negócio.

Isso com toda certeza, determina o potencial de sucesso do seu empreendimento e de todas as suas ações e capacidade de crescimento e desenvolvimento.

Nesse sentido, é sim de extrema importância poder e saber avaliar o seu negócio perante o mercado, bem como os riscos envolvidos, conhecendo dados sobre consumidores, concorrentes etc.

É somente com essa análise que será possível caminhar a passos largos em prol do sucesso e do bom atendimento, ganhando cada vez mais mercado e fãs.

Plano de negócio

Se o que você deseja é diminuir os riscos, então é preciso pisar em solo plano, concorda?

Nesse caso, o plano de negócios servirá como um bom mapa a ser seguido, diante diversas diretrizes que trazem norte e esclarecimentos.

Esse plano precisa ser bem realista à realidade do negócio, e para tanto é preciso de algumas definições, como:

  • Estudo do mercado de forma completa.
  • Planejamento financeiro.
  • Fluxo de caixa.
  • Previsão de vendas.
  • Infraestrutura compatível.
  • Produtos e serviços.
  • Publicidade.
  • Capital de giro.
  • Equipamentos.
  • Entre outros que um contador experiente pode ajudar e montar juntamente com você!

Definição de metas

Ao se desejar abrir uma empresa no Rio de Janeiro, obviamente você deve estar a par de uma série de coisas, desde as mais simples, até as mais complexas e com toda certeza, a definição de metas não pode ficar fora de vista!

Para tanto é preciso definir objetivos. E talvez pareça tolice citar esse ponto, mas não é, visto que serão essas metas de curto, médio e longo prazo – quando bem pontuadas e definidas que serão capazes de minimizar os riscos e gerar mais segurança ao empreendimento e as decisões gerenciais.

Por isso, o conselho que nós da Prezzo Contabilidade podemos dar de muito bom grado, é que como empreendedor, você coloque as metas no papel. Todas essas ações ajudarão a esclarecer pontos essenciais.

E nessas definições das metas, pense sempre nas seguintes perguntas:

  • O que eu quero?
  • Quando quero?
  • Do que preciso para alcançar essa meta?
  • Onde quero chegar?

Quais são os custos iniciais para abrir empresa no Rio de Janeiro?

Bom, essa resposta pode variar bastante, a depender do tipo e porte de empresa que será montada.

Exemplos: é preciso calcular os custos com infraestrutura e mão de obra. Levando em consideração os gastos com documentações, taxas, tributos e assessoria.

E quando falamos em assessoria contábil, fiscal e financeira no Rio de Janeiro, esse trabalho tem seu enorme valor, já que ter um especialista ao lado, acompanhando todos os passos do seu negócio, acaba permitindo que você adquira maiores forças, conhecimentos e estratégias para se desenvolver como deve em seu mercado de atuação.

Os custos podem variar desde 10 mil, até muito além disso, como dito, a depender do porte e tipo de empresa. Exemplificando melhor, um MEI – que é um microempreendedor individual, com 5 mil reais pode abrir sua empresa, agora se seu porte é maior, aí existem outros custos associados.

E quanto de capital de giro eu preciso para minha empresa?

Aí vai depender do tamanho e necessidades do seu negócio.

Vamos lá… se sua empresa for uma prestadora de serviços, sua empresa pode estar estabelecida em casa, o que naturalmente se reduziria os custos com a infraestrutura.

Já uma indústria, será necessários maiores investimentos, já que requer aluguel de galpão, equipamentos e máquinas especificas e especializadas. E se você for atuar com comércio, nesse caso, precisará de visibilidade, portanto, o aluguel de um ponto, iluminação, materiais e equipamentos serão necessários e novamente o valor do capital poderá variar.

Portanto, se você quer saber quanto custa para abrir empresa no Rio de Janeiro, ou se precisar de assessoria contábil, fiscal e financeira no Rio, conte conosco, pois somos extremamente preparados para fornecer-lhe o melhor em todos os sentidos necessários para fazer seu negócio decolar sem turbulências!

Vamos lá?

Fale conosco! Nos envie uma mensagem pelo Whatsapp e agende seu atendimento com um especialista!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1