Como escolher um escritório de contabilidade? Sou obrigado a ter um contador?

Abertura de Empresa epara Coach
3 de dezembro de 2018
Contabilidade para médicos na Barra da Tijuca/ Rio de Janeiro
3 de maio de 2019

Como escolher um escritório de contabilidade? Sou obrigado a ter um contador?

Como escolher um escritório de contabilidade?

Quando o empreendedor está iniciando o processo de abertura de sua empresa, inúmeras dúvidas surgem, entre elas: sou obrigado a contratar um contador? Qual a função do contador na abertura da empresa? Qual escritório de contabilidade escolher? Eu preciso de um acompanhamento mensal do escritório de contabilidade? Como funciona a cobrança de honorários? É um valor fixo ou variável? Após a abertura da empresa, quais serviços são desenvolvidos no escritório de contabilidade? E assim por diante.

Para lhe ajudar com essas e outras dúvidas, resolvi escrever esse post explicando as funções básicas do contador e algumas dicas para você escolher um bom profissional, antes, deixe-me apresentar: meu nome é Paulo Oliveira, Diretor Comercial da Prèzzo Contabilidade, estamos localizados no Rio de Janeiro-RJ e somos especializados contabilidade para micro e pequenas empresas em seguimentos específicos. Eu espero que se você está pensando em abrir uma empresa no Rio de Janeiro e região ou mudar de assessoria contábil, considere conhecer nossa empresa. Entre em contato conosco.

Afinal, qual a função do contador no processo de abertura da minha empresa?

Quando se fala de abertura de empresa, a primeira coisa que o empreendedor pensa é na burocracia que ele precisará encarar. E de fato, apesar de nos últimos anos o processo ter se automatizado, há sim uma burocracia bem chata, que pode ficar cada vez mais complicada dependendo de onde sua empresa estará sediada.

Em se tratando desse assunto. O contador é a pessoa que melhor irá orientar o empresário nas mas mais variadas questões, por exemplo:

– o tipo jurídico da empresa, se ela será uma Sociedade Limitada, Empresa Individual, EIRELI, Sociedade Anônima, etc;

– o enquadramento quanto ao porte da empresa, ele vai verificar se deverá fazer o enquadramento como Microempresa, Empresa de Pequeno Porte ou Normal;

– auxiliar o empresário na classificação das atividades da empresa, ajudá-lo a definir o(s) CNAE(s);

– obtenção das licenças nos órgãos públicos: alvará municipal, licença sanitária, licença do Meio Ambiente, Certificado do Corpo de Bombeiros, etc.

– planejamento tributário: analisar qual regime tributário é o mais indicado para a empresa, como Simples Nacional, Lucro Presumido, Lucro Real e verificar ainda se existe alguma particularidade tributária, algum benefício para as atividades ou porte da empresa.

Além de orientar, o contador ainda irá preparar os documentos para registro na Junta Comercial, elaborar o ato constitutivo, contrato social, dar entrada no CNPJ, Alvará de Licença, entre outros.

Ufa…é bastante coisa. Porém considero que o principal ponto que você precisa buscar auxílio com o contador é sobre a questão da viabilidade do seu negócio: análise de custos, ponto de equilíbrio, retorno sobre o investimento, etc. Uma  séria de informações gerenciais e consultivas que são fundamentais antes mesmo de encarar toda burocracia da abertura.

Sim, um contador capacitado com visão de gestão poderá te ajudar!

Após a Abertura, quais serviços mensais serão executados pelos escritório de contabilidade?

Basicamente, os serviços primordiais desenvolvidos em um escritório de contabilidade são:

– escrituração contábil de toda e qualquer movimentação financeira, patrimonial ou econômica que acontece na empresa, cada centavo movimentado precisa estar contabilizado no livro Diário e Razão, escrituração dos livros fiscais: Registro de Entradas, Saídas, ICMS, IPI, Inventário de Estoque, entre outros.

– elaboração mensal de balancetes e outros relatórios para auxiliar o empreendedor na tomada de decisão;

– assessoria ao empreendedor na emissão de notas fiscais quanto a códigos fiscais, tributos incidentes, informações obrigatórias;

– preparação e entrega das obrigações acessórias ao fisco, como: Sintegra – Sistema Integrado de Informações sobre Operações Interestaduais com Mercadorias e Serviços, EFD – Escrituração Fiscal Digital, DeSTDA – Declaração de Substituição Tributária, Diferencial de Alíquotas e Antecipação, GIA-ST, DCTF, DNF, EFD-Contribuições, EFD-Reinf, DIRF, DASN, DEFIS – Simples Nacional – Declaração de Informações Socioeconômicas e Fiscais, ECD – Escrituração Contábil Digital, EFD – Escrituração Fiscal Digital, CAGED – Cadastro Nacional de Empregados e Desempregados, GFIP – Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço e Informações à Previdência Social, RAIS – Relação Anual de Informações Sociais, etc, existem no Brasil mais de 50 tipos de obrigações acessórias;

– Registro de empregados, elaboração da folha de pagamento mensal, rescisões de contrato de trabalho e outras atividades relacionadas a área trabalhista;

Ao Abrir uma empresa, sou obrigado a contratar um Escritório Contábil?

Pelos meios legais sim, a única exceção aqui é o MEI – Microempreendedor Individual, para as demais empresas ME – Microempresa, EPP – Empresa de Pequeno Porte ou normal, já no momento da constituição da empresa é preciso informar o CRC do contador responsável e para obter a inscrição estadual no Rio de Janeiro é obrigatório esta informação.

Porém, dentro de nossa experiência, ainda que sua empresa seja um MEI, se você tem visão empreendedora e quer crescer é indispensável contar com um profissional especializado que tenha visão financeira e gestão para lhe auxiliar desde do início. Ser um empresário de sucesso não é para amadores.

Minha empresa precisa de um acompanhamento mensal do contador?

A resposta para essa pergunta é a mesma para a pergunta anterior, sim, com exceção do MEI, os serviços desenvolvidos mensalmente pelo escritório de contabilidade são os já listados na pergunta número 2.

Como funciona o pagamento dos honorários Contábeis?

Cada escritório tem sua forma de precificar os honorários, mas aqui em nosso escritório e na maioria dos escritórios do país, é cobrado um valor referente aos serviços de constituição da empresa que varia em torno de mil a dois mil reais para micro e pequenas empresas e depois um valor fixo mensal para a assessoria contábil (escrituração contábil, fiscal), um valor fixo por empregado para a elaboração da folha de pagamento e se no decorrer do ano o empresário precisar de um serviço extra como alteração do quadro societário por exemplo, é cobrado a parte.

Como escolher o escritório de Contabilidade ideal?

Bom, agora que você já sabe as principais funções do contador e o quanto ele será importante para a sua empresa é hora de escolher o escritório que mais se enquadre nas suas necessidades, eis algumas dicas:

– Conhecimento: procure saber se o contador ou os colaboradores do escritório tem o conhecimento necessário para atender o seu tipo de empresa, agende uma reunião para tirar as suas dúvidas, um profissional despreparado na abertura ou continuidade da sua empresa pode lhe causar uma dor de cabeça inimaginável!

– Tecnologia: ao visitar o escritório, se informe se o mesmo possui as ferramentas necessárias para atender as demandas de sua empresa, pergunte se os sistemas utilizados estão sempre atualizados com a legislação vigente, pois todos os dias no Brasil surgem ou são alteradas as obrigações acessórias que as empresas têm com o fisco e para atender as novas demandas é necessário que o sistema do contador esteja sempre atualizado! Verifique ainda as demais ferramentas, como é feito a troca de informações entre a empresa e o escritório? É em papel? É 100% on line? Mista? E qual o perfil da sua empresa? Está adequado ao que você busca?

– Relacionamento: um dos pontos mais importantes acredito que seja você avaliar se você confia no profissional ou escritório que está contratando. O visitar o escritório, o ambiente, as pessoas lhe passaram confiança?

– Registro no CRC: Verifique se o contador e o escritório de contabilidade estão registrados no Conselho Regional de Contabilidade. Você pode fazer uma busca simples no próprio site do CRC RJ . É somente com este registro que o profissional estará legalmente habilitado para exercer a profissão.

Por fim, se você pretende abrir uma empresa no Rio de Janeiro ou Região, ou então procura mudar sua assessoria contábil venha conhecer a Prèzzo Contabilidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1